Guarda Municipal de Natal vai atuar em 78 locais de votação

Guarda Municipal de Natal vai atuar em 78 locais de votação

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) vai atuar, por meio da Guarda Municipal do Natal (GMN), na segurança dos eleitores e dos locais de votação na véspera (14) e no dia da eleição (15), quando serão escolhidos os nomes para assumir os cargos de prefeito e vereadores da capital. O serviço preventivo vai iniciar às 6h deste sábado (14) e será concluído às 0h da segunda-feira (16).

O Plano de Operações da GMN foi apresentado pelo subcomandante de Segurança da corporação, Carlos Cruz, e compreende ações integradas com às demais forças de segurança pública Estadual e Federal, e a utilização do patrulhamento preventivo fixo nos locais de votação e itinerante utilizando a estratégia de zoneamento de segurança.


A corporação vai atuar com guardas municipais patrulhando as cinco Zonas Eleitorais da capital. A GMN vai garantir a segurança de 78 unidades de votação que vão funcionar em prédios municipais, compreendendo escolas e centros municipais de educação infantil. O objetivo dos guardas municipais é o de zelar pela segurança dos eleitores, prevenir e reprimir crimes eleitorais nos pontos de votação e áreas adjacentes.
A secretária da Semdes, Mônica Santos, lembrou que a Guarda Municipal já tem experiência nesse tipo de serviço desde o ano de 2018 quando atuou fortemente nos dois turnos da segurança do pleito para escolha dos nomes para Presidência da República, Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa. “Temos uma experiência exitosa em 2018. Foi feito todo um planejamento para a véspera e dia da eleição. A Guarda vai se manter nas ruas com efetivo extra para garantir o bom andamento da eleição e a segurança dos eleitores”, disse.


Já o comandante da GMN, Alberfran Grilo, informou que o trabalho é feito de forma integrada, com guardas nas ruas e guardas no Centro Integrado de Controle e Comando Regional (CICCR), onde estão os órgãos envolvidos na segurança do pleito. “Estaremos atentos na missão de oferecer à sociedade segurança e tranquilidade durante a realização das eleições deste ano e para isso o efetivo está apto para inibir ações que atentem contra a ordem pública e o patrimônio municipal”, comentou.


O subcomandante de Segurança, Carlos Cruz, explicou que cada prédio contará com vigilância fixa de dois ou três guardas municipais no primeiro dia, dependendo da área de localização. Já no domingo, a Semdes disponibilizou ao TRE 32 viaturas de patrulhamento, divididas em 23 zonas para atender os locais de votação. “O plano é utilizar um efetivo de 140 guardas municipais. Cada viatura ficará numa zona com a responsabilidade de atender especificamente dois ou três locais de votação”, comentou.

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *