TSE disponibiliza megaestrutura para a cobertura da imprensa de todo o país

TSE disponibiliza megaestrutura para a cobertura da imprensa de todo o país

Para as Eleições Municipais de 2020, a Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizará uma megaestrutura para a cobertura da imprensa de todo o país. O Centro de Divulgação das Eleições (CDE) foi montado no térreo do edifício-sede do Tribunal, em Brasília, com os cuidados sanitários para preservar a saúde dos 200 jornalistas esperados para a cobertura do pleito.

Veja o vídeo da TV TSE sobre a cobertura das Eleições 2020.

O CDE dispõe de: auditório para entrevistas com autoridades, que serão transmitidas pelo YouTube, Facebook, Twitter e Instagram; espaço para redação com toda a estrutura necessária para transmissão ao vivo de reportagens de televisão e rádio; área para a Assessoria de Comunicação do Tribunal, que dará suporte aos profissionais de comunicação com informações e boletins atualizados sobre o andamento das ações da Justiça Eleitoral; e espaço para veículos com sinais de links e food trucks.

A grande novidade para este ano é Telão das Eleições, um painel de LED de 171 m², que transmitirá em tempo real a apuração dos votos em todo o país. A ação tem o objetivo de dar ainda mais transparência aos resultados das votações. O telão, que funcionará até o final do pleito (29 de novembro), vai exibir conteúdos relacionados ao processo eleitoral e à transmissão ao vivo das apurações do primeiro e do segundo turno das Eleições Municipais.

O Telão das Eleições é patrocinado pela Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), que reúne nove entidades representativas de mais de 40 mil juízes e membros do Ministério Público de todo o Brasil; Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR); Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT); Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT); Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB); Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra); Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe); Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM); e Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis-DF).

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *